Você sabia que a terceirização foi legalizada no Brasil em 2017 pela Lei n.º 13.429/2017? Atualmente, a terceirização de serviços, além de prática também é legal.

Terceirizar em momentos de crise é uma opção viável pois a redução de custos e facilidades operacionais são as suas principais vantagens.

Além disso, o profissional terceirizado é mais qualificado na grande maioria das situações, isso favorece a eficiência e produtividade, sem que a empresa contratante precise arcar com gastos com treinamento dos colaboradores.

Confira agora as vantagens da terceirização:

  • Redução de custos operacionais;
  • Redução de custo com materiais e insumos;
  • Redução de encargos trabalhistas;
  • Redução do quadro de colaboradores;
  • Redução das faltas de colaboradores que podem ser imediatamente substituídos em caso de imprevistos;
  • Melhoria da qualidade do trabalho realizado por profissional capacitado;
  • Manter o foco no core business da empresa;

Como funciona a Terceirização no Brasil?

O primeiro país no mundo a incorporar a terceirização no ambiente de negócios foram os Estados Unidos. Lá essa prática ganhou corpo na década de 80 com a chegada da globalização.

Já no Brasil, em 2017 com a regulamentação da terceirização pela Lei n.º 13.429/2017, terceirizar passou a ser uma alternativa legalmente segura.

Antes dessa lei, a Terceirização estava prevista legalmente apenas por uma Súmula do Tribunal Superior do Trabalho – TST, trazendo maior risco jurídico pois considerava legal apenas a terceirização das chamadas atividades-meio.

A Súmula do TST é fruto de decisões judiciais e da análise do órgão sobre a matéria, podendo ser modificada ou revisada a qualquer momento pelos Desembargadores, por esta razão não oferece a mesma garantia que uma Lei.

A chegada da Lei possibilitou chamada terceirização da atividade-fim, viabilizando a terceirização de serviços de maior complexidade, ainda que estejam relacionados com a atividade principal exercida, melhorando a performance financeira das empresas.

Hoje, pode-se dizer que a terceirização é uma estratégia de gerenciamento que visa otimizar recursos e potencializar resultados operacionais, melhorando o desempenho dos negócios como um todo.

Impossível pensar num mundo globalizado sem terceirização, pois a redução de custos operacionais sem infringir as leis e com o devido recolhimento de impostos é uma demanda crescente por parte das empresas.

Redução de Encargos e Responsabilidades Trabalhistas

A terceirização é uma solução cada vez mais utilizada para a redução de encargos trabalhistas e custos operacionais.

Isso porque as garantias trabalhistas antes da legalização da terceirização no Brasil eram falhas, fazendo com que as contratantes de serviços terceirizados fossem facilmente responsabilizadas em ações trabalhistas.

Atualmente, conforme a Lei n.º 13.429/2017,  empresas com mais de cem empregados dever ter um capital mínimo de R$ 250.000,00 reais para poder exercer a atividade de ceder mão-de-obra terceirizada.

Esse capital funciona como uma garantia de solvência da contratada em relação ao cumprimento das obrigações trabalhistas dos empregados que prestarão o serviço na condição de terceirizados.

Conclusão

A terceirização de serviços precisa ser bem feita e realizada junto a uma empresa idônea e que cumpre suas obrigações gerando total tranquilidade para o contratante.

Uma estratégia inteligente é aquela que une custo reduzido e segurança do ponto de vista legal, para ter esse equilíbrio é fundamental contratar uma empresa como o Grupo Sunset que está consolidada no Rio de Janeiro há 25 anos.

Viu só como a terceirização é um bom negócio? Compartilhe essas informações, visite nosso blog e confira nossas dicas!